0Item(s)

Nenhum produto no carrinho.

Product was successfully added to your shopping cart.

Funcionamento da Loja Virtual

1. Qual a origem da Loja Virtual?
Nossa loja virtual, chamada CASINHA BONITA, pertence à empresa SINCENET Comércio e Importação em Geral Ltda. Muitos dos produtos comercializados tem como marca a própria empresa SINCENET, enquanto outros tantos são de parceiros nacionais, como a DOCOL, FRANKE, PORTOKOLL e LORENZETTI.
2. Onde está localizado o estoque da CASINHA BONITA?
Hoje, todo o estoque da empresa está localizado na sede da SINCENET, em Joinville, no norte de Santa Catarina. A parceria com diversas transportadoras e com os Correios, permite com que os produtos enviados daqui possam ser entregues com segurança em todos os estados e cidades do Brasil.
3. A empresa SINCENET ou o site CASINHA BONITA possuem loja física?
Sim, todos nossos clientes estão convidados a visitar nosso showroom na Rua Copacabana 950, em Joinville-SC, onde podem realizar suas compras pessoalmente. O showroom está aberto de segunda a sexta-feira das 8:00-17:30 e aos sábados das 8:00-12:00. Já para maior parte de nossos clientes, espalhados por todo o país, dedicamos a mesma atenção, preço e qualidade atendendo-os através da nossa loja virtual.
4. Qual o horário de atendimento da CASINHA BONITA?
O atendimento por telefone e chat online ocorre de segunda a sexta-feira das 8:00-18:30 e aos sábados das 8:00-12:00. Por fim, nossos clientes podem se sentir à vontade para enviar suas dúvidas, pedidos de orçamento, sugestões e até reclamações pelo e-mail contato@casinhabonita.com.br ou pelo nosso whatsapp (47) 99601 - 3614.
5. O site CASINHA BONITA é confiável?
Nossa loja virtual possui Certificado de Segurança SSL, com criptografia de dados, garantindo que todas informações fornecidas pelos clientes sejam armazenadas de forma segura. A loja virtual também é certificada pela operadora de cartões de crédito CIELO e pelo PAGSEGURO. No link abaixo, disponibilizamos todas as informações necessárias para consulta pública sobre a idoneidade da empresa, como a Razão Social, CNPJ e Inscrição Estadual: www.casinhabonita.com.br/quem-somos
6. Quais as formas de pagamento?
Os pagamentos podem ser parcelados no cartão de crédito em até 5x sem juros ou em até 12x com juros de 1,99% ao mês. Oferecemos também a opção de pagamento à vista, via boleto bancário, com 5% de desconto.
7. Qual o valor do frete e o prazo de entrega?
O valor do frete e os prazos estimados de entrega para envios por transportadora são apresentados no link abaixo. Em compras de pequeno porte, como 1 cuba, 1 torneira, lâmpadas ou até 15 placas de pastilhas, oferecemos fretes mais econômicos pelos Correios. Você pode simular preços e prazos no seu Carrinho de Compras, após a seleção dos produtos de interesse. Tabela de frete: www.casinhabonita.com.br/tabela-de-frete
8. Os produtos possuem garantia e nota fiscal?
Todos os produtos fornecidos pela CASINHA BONITA são acompanhados de nota fiscal. Dentre aqueles com a marca SINCENET, destacamos a garantia de 15 anos para as pastilhas de vidro, 10 anos para as cubas de louça, 5 anos para as torneiras, 5 anos para lâmpadas LED, 2 anos para as duchas, 2 anos para os lustres e 1 ano para as cubas coloridas. A garantia dos produtos de outros fabricantes também é sempre citada na página de descrição dos produtos. Mais informações sobre a garantia podem ser obtidas no link a seguir: www.casinhabonita.com.br/termo-de-garantia
9. E se eu me arrepender da compra?
A legislação brasileira é bastante rígida no que se refere ao comércio virtual. Todo e qualquer cliente possui o direito de devolver o produto em até 7 dias após a entrega, mesmo que este não possua defeitos de fabricação, sendo ressarcido integralmente do valor pago. Ainda que nossos produtos tenham ótima aceitação de mercado e esses eventos sejam realmente raros, respeitamos e cumprimos a legislação.
10. Não há risco de avaria dos produtos durante o transporte?
Todos os produtos oferecidos são resistentes e muito bem embalados, com risco quase nulo de quebras. De todos modos, por mais raros que sejam os casos de avaria, a CASINHA BONITA se compromete com o reenvio de qualquer produto que haja sofrido dano durante o transporte.
11. O que é um cupom promocional?
Cupons promocionais são oferecidos aos clientes em ocasiões especiais, como aqueles que participam dos nossos Concursos de Fotos. Para utilizá-los basta digitar o código do mesmo no campo "Utilizar Cupom Promocional" em seu Carrinho de Compras.
12. Existe alguma tabela especial para revendedores?
Sugerimos aos lojistas e distribuidores interessados em revender nossos produtos que entrem em contato pelo e-mail vendas@sincenet.com.br fornecendo sua razão social, CNPJ e endereço para que tenham acesso a uma negociação diferenciada.
13. Como eu posso tirar outras dúvidas sobre o processo compra?
Nos colocamos à disposição para esclarecer dúvidas através do e-mail contato@casinhabonita.com.br, dos telefones (47) 34320065 e (47) 34345238, do whatsapp (47) 99630974 e do nosso chat online. Você também pode assistir a uma simulação de compra realizada em apenas 2 minutos, clicando no link abaixo: www.casinhabonita.com.br/como-comprar

Pastilhas de Vidro, Inox e Pedra

14. Qual a origem das pastilhas?
As pastilhas de vidro, inox e pedras naturais SINCENET, comercializadas pelo site CASINHA BONITA, são produzidas na cidade de Foshan, no sul da China, o qual é considerado o maior centro de produção de revestimentos do mundo. A maior parte das pastilhas de vidro e porcelanatos comercializados no Brasil são provenientes dessa região.
15. Como é feito o controle de qualidade desses produtos?
A SINCENET já possui uma parceria de anos com seus fornecedores de pastilhas de vidro, inox e pedras. Mesmo assim, contrata seu próprio inspetor para realizar o controle de qualidade dos produtos ainda na fábrica, antes de concluir qualquer processo de importação.
16. Qual o prazo de fabricação das pastilhas SINCENET?
Todas as pastilhas de vidro, inox e pedras naturais comercializadas no site CASINHA BONITA estão sempre disponíveis em estoque para envio imediato. Caso haja alguma exceção, ela é sempre descrita de forma clara ao cliente em nosso site antes que este finalize sua compra.
17. Como faço para adquirir uma amostra das pastilhas?
Caso haja interesse em ver o produto pessoalmente antes de se realizar uma compra de maior porte, pode-se adquirir amostras de pastilhas pelo valor simbólico de R$ 2,00 cada (mais o custo de frete). A aquisição de amostras está restrita a uma peça por modelo e um máximo de 7 modelos. Quando não há tempo hábil para aquisição de amostra, recomendamos realizar diretamente a compra de todas as placas, lembrando que a legislação dá ao consumidor o direito de devolução em até 7 dias, com ressarcimento total do valor pago, caso o produto não atenda as expectativas. A CASINHA BONITA cumpre o código de defesa do consumidor e por isso recomenda a compra sem maiores receios.
18. Onde é possível aplicar as pastilhas de vidro, inox e pedras?
As pastilhas podem ser aplicadas nos mais diversos ambientes. De maneira geral as pastilhas de vidro pigmentado costumam ser muito usadas em áreas externas, como piscinas e fachadas. Por outro lado, as pastilhas de vidro cristal, inox e pedras naturais são muito usadas para o revestimento de paredes em banheiros, cozinhas, áreas de serviço, halls de entrada e de maneira cada vez mais frequente também em alas sociais ou fachadas de acabamento mais nobre. Enquanto em diversas ocasiões as pastilhas são usadas para revestimento de paredes inteiras, em outras tantas são aplicadas para destacar detalhes, como faixas verticais e horizontais.
19. Qual a diferença entre pastilhas de vidro cristal e pastilhas de vidro pigmentado?
As pastilhas de vidro cristal são compostas por uma placa de vidro transparente e brilhante cujo fundo é pintado da cor desejada, antes do processo de cura. Dessa forma, a pintura é completamente protegida de qualquer contato com o ambiente, garantindo o brilho e a durabilidade da cor original. As pastilhas de vidro pigmentado por sua vez são confeccionadas a partir de vidro reciclado moído, com a sua pigmentação sendo distribuída uniformemente ao longo de toda espessura da pastilha. Como resultado, possuem uma aparência um pouco mais fosca, embora suas cores também sejam bastante vivas. Tanto as pastilhas de vidro cristal como vidro pigmentado são materais resistentes que podem ser usados como revestimento interno ou externo, porém as de vidro cristal são consideradas um produto ainda mais nobre devido ao seu brilho e perfeição no acabamento.
20. Qual a diferença entre pastilhas teladas e aquelas com papel kraft?
As pastilhas teladas são unidas em sua base por uma tela de nylon, o que impõe algumas vantagens em relação à base de papel kraft. A maior delas refere-se a melhor visualização que o consumidor pode ter do produto antes mesmo da aplicação deste. Com isso evita-se o risco de que uma falha no produto só seja observada após a aplicação deste, o que poderia gerar muitos incômodos. Ao contrário do papel, a tela de nylon não precisa ser retirada do produto após a aplicação deste na parede, o que também ajuda a reduzir o tempo e custo da mão-de-obra.
21. As pastilhas de vidro são resistentes à umidade?
Sim, as pastilhas de vidro possuem absorção quase nula de água e por isso são uma ótima indicação para o revestimento de boxes de banheiro e mesmo de piscinas. No caso das piscinas cabe apenas ressaltar a importância de se selecionar a argamassa apropriada para esse tipo de ambiente.
22. As pastilhas de inox podem oxidar/enferrujar?
As pastilhas de inox SINCENET foram desenvolvidas com aço inoxidável 304 de maneira a apresentar alta resistência à oxidação, mesmo em ambientes úmidos. Qualquer problema eventualmente observado é coberto pela garantia de 15 anos do produto.
23. As pastilhas são resistentes a produtos químicos?
Sim, não existe nenhuma contraindicação ao uso de produtos de limpeza, como detergentes, desinfetantes ou água sanitária nas pastilhas de vidro, inox e pedras. No caso das pastilhas de inox recomenda-se apenas o cuidado com o uso de materiais ásperos que possam ocasionar arranhões quando esfregados contra a pastilha.
24. As pastilhas de vidro são resistentes ao calor?
Sim, as pastilhas de vidro possuem um baixo coeficiente de dilatação térmica e por isso são muito indicadas para áreas com alta incidência de sol, como fachadas, ou próximas a fontes calor, como paredes próximas ao forno de cozinha. A maior restrição para aplicação em zonas muito quentes encontra-se na resistência da argamassa utilizada, a qual deve ser verificada no caso de aplicação em áreas mais críticas, como churrasqueiras.
25. As pastilhas de vidro são melhores que os materiais cerâmicos?
De forma geral as pastilhas de vidro oferecem um acabamento superior ao das pastilhas cerâmicas e azulejos. Do ponto de vista mecânico, é muito mais resistente ao impacto, com menos chance de riscos e lascas. Em relação à estética, possui um brilho mais intenso. Além disso, a variedade de cores, efeitos e formatos permite muito mais personalização ao ambiente. O fato de sua pintura ser protegida pelo vidro (e não exposta externamente como no caso das pastilhas cerâmicas e azulejos) também permite com que seu aspecto visual não se altere com o passar do tempo, mantendo as cores e brilho originais.
26. As pastilhas são muito escorregadias ou podem ser usadas como piso?
Embora a pastilha em si seja bastante lisa, o espaçamento entre uma pastilha e outra, coberto pela argamassa ou rejunte, permite boa aderência tanto para pés descalços como calçados. Dessa forma a pastilha pode ser usada no chão com muito menos riscos à segurança do que um porcelanato ou azulejo comum.
27. Como calcular a quantidade de placas necessárias?
Para cada metro quadrado de parede revestida, faz-se necessário o uso de 11 placas de 30 x 30 cm (tamanho geralmente utilizado nas pastilhas de vidro cristal, inox e pedras) ou 9,5 placas de vidro pigmentado de 32,5 x 32,5 cm (tamanho geralmente utilizado nas pastilhas de vidro pigmentado). Além disso, recomenda-se adquirir uma reserva de placas entre 5% e 10% para facilitar os recortes e cobrir quaisquer imprevistos.
28. É possível recortar a placa no formato de faixas?
Sim, as pastilhas SINCENET com tela de nylon podem ser facilmente recortadas nos mais diversos formatos, com uma simples tesoura, faca ou estilete. Por exemplo, com uma única placa de 30 x 30 cm é possível formar 03 faixas de 10 x 30 cm ou 04 faixas de 7,5 x 30 cm.
29. Qual a argamassa mais indicada para pastilhas?
As argamassas mais indicadas para pastilhas são as chamadas autofugantes, que servem para simultaneamente colar e rejuntar as pastilhas. Ou seja, o mesmo produto é aplicado como argamassa para assentar as pastilhas e na sequência como rejunte para vedar o espaçamento entre elas. As argamassas autofugantes podem ser encontradas nas mais diversas cores, embora a mais utilizada para pastilhas seja mesma a branca. São várias as marcas que oferecem este tipo de argamassa, como QUARTZOLIT, CERAMFIX, PORTOKOLL, etc.
30. As pastilhas de vidro podem ser aplicadas com argamassa comum?
Embora as argamassas mais indicadas para pastilhas sejam as argamassas autofugantes, as argamassas do tipo ACI, ACII e ACIII da cor branca também podem ser aplicadas. Porém neste caso a argamassa já não pode não pode atuar como rejunte, sendo recomendada a aplicação de rejuntes específicos para fuga fina, de maneira a promover a correta vedação do espaçamento entre as pastilhas.
31. Qual a quantidade de argamassa necessária?
A recomendação pode variar de acordo com a qualidade da argamassa utilizada, assim como do tamanho e espessura da pastilha, porém de maneira geral sugere-se entre 4 a 5 kg de argamassa autofugante para cada metro quadrado a ser revestido com pastilhas de vidro. No caso de aplicação de argamassa comum seguida de rejunte, recomenda-se entre 3 e 3,5 kg de argamassa e 1,5 kg de rejunte por metro quadrado de pastilhas, totalizando novamente entre 4 e 5 kg.
32. Como são assentadas as pastilhas de vidro e pedras?
Uma vez aplicada a argamassa na parede, as placas de pastilhas de vidro são posicionadas sobre esta e levemente pressionadas com uma espátula para garantir o nivelamento e permitir que a argamassa preencha os vãos encontrados entre as pastilhas. No caso da argamassa autofugante, o mesmo produto é utilizado na sequência fazendo uso de desempenadeira de borracha, para garantir que todos os vãos estejam completamente preenchidos (em se tratando de uma argamassa comum, essa etapa é realizada com rejunte após 24 horas de cura). Por fim, realiza-se a limpeza das pastilhas, removendo a argamassa ou rejunte excedente. Cabe ressaltar ainda que durante o assentamento é interessante prestar atenção ao alinhamento das placas, mantendo entre elas um espaçamento de fuga semelhante ao que é mantido entre as pastilhas, o que certamente agrega beleza ao ambiente.
33. Como são assentadas as pastilhas de inox?
A aplicação das pastilhas de inox pode ser realizada de forma semelhante às pastilhas de vidro e pedras naturais. Como cuidado especial ressalta-se apenas a limpeza da argamassa ou rejunte, que deve ser feita de forma mais cuidadosa para evitar arranhões na pastilha. Uma alternativa para se reduzir ainda mais qualquer probabilidade de arranhões é o uso de rejuntes específicos para pastilhas metálicas (fornecidos por algumas marcas, entre elas a PORTOKOLL) que por serem bastante finos podem ser removidos com mais segurança no final da aplicação.
34. É possível aplicar pastilhas de vidro, inox ou pedras sobre o azulejo ou outro piso?
Sim, normalmente aconselha-se a aplicação das pastilhas com cola Massaplic ou argamassa de sobreposição (do tipo AC II ou AC III), seguida de rejunte para fugas finas. Além destas opções, hoje já é possível encontrar no mercado argamassas autofugantes que também são indicadas para sobreposição. Cabe ressaltar que o ato de previamente lixar o azulejo também pode favorecer a aderência, embora na grande maioria dos casos isso não seja considerado necessário.
35. É possível aplicar pastilhas de vidro em piscinas?
Sim, tanto as pastilhas de vidro cristal como as pastilhas de vidro pigmentadas são altamente recomendáveis para uso em piscina, pela sua maior resistência mecânica e pela maior durabilidade das cores, em relação as pastilhas cerâmicas. Como maior cuidado, citamos a escolha correta da argamassa, visto que existem produtos desenvolvidos para aplicação em piscinas, como a Portokoll Premium, com aditivos que aumentam a resistência aos produtos de limpeza. Ainda assim, cabe ressaltar que a limpeza constante da piscina, sem exceder a recomendação de agentes químicos, é importante para aumentar a durabilidade da argamassa e consequentemente da aplicação das pastilhas.

Pastilhas Adesivas

36. De que material são feitas as pastilhas adesivas?
As pastilhas adesivas SINCENET possuem uma base polimérica coberta por alumínio, cujas cores variam de acordo com cada modelo. Alguns modelos contém também pastilhas de vidro. Por fim, todos eles possuem um adesivo com alto poder colante na parte de trás da placa, o qual é protegido até o momento da aplicação.
37. Em que ambientes podem ser aplicadas pastilhas adesivas?
Assim como as pastilhas de vidro, as pastilhas adesivas também podem ser aplicadas em banheiros, cozinhas, áreas de serviço, halls de entrada e alas sociais. Enquanto em diversas ocasiões as pastilhas são usadas para revestimento de paredes inteiras, em outras tantas são aplicadas para destacar detalhes, como faixas verticais e horizontais.
38. As pastilhas adesivas podem ser aplicadas em áreas molhadas?
Não há nenhuma restrição para uso em áreas que molham esporadicamente, como próximo às cubas de cozinha e banheiro. No caso de áreas que molham com mais frequência, como o box de um banheiro, a aplicação é possível, porém a vida útil pode ser reduzida, não sendo válida a garantia de 15 anos oferecida pela SINCENET. Por fim, as pastilhas adesivas não são indicadas para uso em piscinas.
39. Como é realizada a aplicação das pastilhas adesivas?
As placas devem ser coladas sobre uma superfície nivelada e limpa, seja ela uma parede pintada, um piso cerâmico, um móvel de madeira, entre outras opções. Para aplicação não se faz necessário o uso de nenhum tipo de cola ou argamassa. Após a colagem o cliente tem a opção de rejuntar ou não os espaçamentos entre as pastilhas de acordo com seu gosto pessoal.

Cubas para banheiro

40. Quais marcas de cubas são oferecidas pela CASINHA BONITA?
A CASINHA BONITA oferece cubas da sua própria marca SINCENET, assim como de outros fabricantes nacionais (FRANKE e TRAMONTINA).
41. De que material são feitas as cubas?
As cubas coloridas SINCENET são fabricadas com mármore sintético (uma mescla de resina de poliéster com minerais em pó) e cobertas com pintura gel ou pintura perolizada automotiva. Além do mármore sintético a SINCENET também oferece cubas de louça com pintura esmaltada branca. Por fim, as cubas FRANKE e TRAMONTINA são feitas de aço inoxidável 304, cujo acabamento pode ser espelhado, polido ou texturizado.
42. Qual a origem das cubas SINCENET?
As cubas coloridas de mármore sintético são fabricadas na cidade de Rio Negrinho, Santa Catarina. Para esses modelos a SINCENET desenvolve cores e modelos de acordo com as tendências de mercado e terceiriza a fabricação para um parceiro mais especializado no processo produtivo. Já as cubas de louça são produzidas na cidade de Chaozhou, no sul da China, o qual é considerado o maior polo de produção de cubas de louça do mundo.
43. Qual o prazo de fabricação das cubas SINCENET?
Diversos modelos de cuba para banheiro estão disponíveis no estoque para envio imediato. Porém, como a movimentação desse estoque é muito dinâmica, há cubas de mármore sintético que podem levar até 6 dias úteis para serem fabricadas.
44. Qual a diferença entre as cubas de louça e as cubas de mármore sintético?
De maneira geral as cubas fabricadas com mármore sintético (uma mescla de resina de poliéster com minerais) possuem maior resistência mecânica que as cubas de louça. Ou seja, é mais difícil de se observar quebras ou rachaduras nesse material devido ao impacto. Por outro lado, as cubas de louça tendem a ser um pouco mais resistentes a riscos, apresentando menor sensibilidade ao contato com peças ásperas e cortantes. De todos modos, tanto as cubas de louça como as cubas de resina de poliéster possuem ótima recomendação para o uso comum.
45. As cubas de mármore sintético riscam fácil?
Conforme descrito anteriormente, as cubas de mármore sintético (uma mescla de resina de poliéster com minerais) são mais resistentes a riscos que as cubas acrílicas e um pouco menos resistentes que as cubas esmaltadas de louça. Ainda assim, cabe ressaltar que não é um material que risca facilmente no uso comum, bastando evitar a limpeza com produtos muito ásperos, como esponjas de aço.
46. Qual a diferença entre as cubas de apoio, sobrepor, encaixe e semi encaixe?
As cubas de apoio ficam posicionadas em cima do balcão ou gabinete, com toda sua área interna e externa à mostra. Essas cubas geralmente exigem o uso de torneiras de mesa com bica alta ou torneiras de parede. As cubas de sobrepor, por sua vez, são encaixadas no móvel, mantendo apenas a sua borda a um nível acima do balcão. As cubas de encaixe, assim como as de sobrepor, também são encaixadas no móvel, porém ao contrário daquelas, não possuem borda aparente. Por fim, as cubas de semi encaixe são posicionadas na parte da frente do móvel, com parte de sua estrutura acima e parte de sua estrutura abaixo do nível deste. As cubas de sobrepor, encaixe e semi encaixe geralmente casam com torneiras de mesa com bica baixa, embora as torneiras de bica alta também possam ser utilizadas. Mais detalhes e fotos podem ser observados nessa postagem em nosso blog: blog.sincenet.com.br/cubas-para-banheiro-o-guia-definitivo
47. Como escolher a válvula correta para a minha cuba?
Os modelos de válvula compatíveis dependem do diâmetro da saída de escoamento. Algumas válvulas nacionais de menor diâmetro, como as da marca DOCOL, são compatíveis com qualquer modelo de cuba sem ladrão revendido pela CASINHA BONITA. Porém, para as cubas que possuem diâmetro de escoamento maior ou igual a 40 mm, sempre recomendados as válvulas click up SINCENET, com design mais moderno e sistema de isolamento de odores.
48. Como escolher o sifão correto para a minha cuba?
Os sifões comercializados pela CASINHA BONITA são de encaixe universal para qualquer modelo de válvula e cuba. Deve-se atentar apenas ao fato de que os sifões metálicos não flexíveis exigem o perfeito alinhamento entre o buraco de escoamento da cuba e a saída do esgoto na parede, pois a regulagem desses sifões ocorre apenas na altura e comprimento (e não no ângulo lateral). Por outro lado, os sifões flexíveis, cromados ou não, podem ser utilizados em quaisquer situações, independente do alinhamento.

Duchas e chuveiros

49. Qual a diferença entre os chuveiros elétricos e as duchas?
A diferença primordial entre os chuveiros elétricos e qualquer ducha, é que o primeiro possui uma resistência elétrica que permite o aquecimento da água, enquanto as duchas necessitam de uma fonte externa de aquecimento, seja ela um aquecedor a gás, uma placa de aquecimento solar, um boiler ou mesmo um aquecedor elétrico de passagem. Por outro lado, enquanto os chuveiros elétricos geralmente possuem um acabamento mais simples (material plástico, com poucas variações de design), as duchas são oferecidas em uma maior gama de designs e materiais.
50. Qual a diferença entre as duchas tradicionais e as duchas verticais com hidromassagem?
Enquanto as duchas tradicionais possuem apenas uma saída de água superior (parede ou teto) e eventualmente um desviador (equivalente a chuveiro de mão), as duchas verticais com hidromassagem podem possuir inúmeras saídas de água: ducha superior, cascata superior, jatos nas costas, chuveiro de mão, torneira para os pés, etc. Além da maior variedade de jatos, as duchas verticais com hidromassagem também podem propiciar um ganho estético ao ambiente, com painéis coloridos ou estampados. Mais informações sobre as duchas de hidromassagem podem ser encontradas nessa postagem em nosso blog: blog.sincenet.com.br/duchas-de-hidromassagem-verticais
51. Quais as restrições para uso de uma ducha com hidromassagem?
Há dois pontos de atenção para se ponderar antes de decidir instalar uma ducha vertical com hidromassagem. O primeiro deles é assegurar-se de que há uma fonte de aquecimento para água (seja ela elétrica, solar ou a gás), pois a ducha não possui resistência elétrica própria. O segundo ponto de atenção é assegurar-se de que o ambiente possui uma pressão de água relativamente alta (recomenda-se pelo menos 10 metros de coluna d’água) para uma melhor performance do produto. Como alternativa para aqueles que habitam imóveis com menor pressão d’água (como casas ou apartamentos próximos da cobertura), recomenda-se a instalação de um pressurizador na saída da caixa d’água.
52. Como é feita a instalação da ducha de hidromassagem?
A instalação da ducha é relativamente simples, especialmente quando a distância entre os registros de água quente e fria são menores que a largura do painel. Nestes casos, basta remover os acabamentos de registro (utilizados para abrir e fechar a água quente e fria) e conectar as mangueiras que acompanham o produto diretamente nesses registros. Na sequência veda-se a saída antiga de água do chuveiro (quando esta existir) e pendura-se o painel na parede utilizando os suportes que também acompanham o produto. A parede só precisaria ser quebrada próximo aos registros de água quente e fria, se estes estiverem mais afastados entre si que a largura da ducha de hidromassagem. Mais detalhes e fotos sobre a instalação podem observados no manual do produto.
53. Como é feita a instalação do pressurizador de água?
Caso seja necessário instalar um pressurizador de água, recomendamos que se opte por um modelo que mantenha uma pressão de pelo menos 10 metros de coluna d’água no sistema, lembrando que quanto maior essa pressão, melhor a performance do produto. Caso a residência possua aquecimento a gás ou elétrico de passagem, recomenda-se a instalação de um único pressurizador na saída da caixa d’água. Por outro lado, caso o aquecimento seja por placa solar e/ou boiler, recomenda-se a instalação de dois pressurizadores, um na saída da caixa d’água e outro na saída do tanque de armazenamento da água aquecida.
54. As duchas verticais com hidromassagem podem ser instaladas na área externa?
Sim, as duchas podem ser instaladas na área externa, acompanhando por exemplo uma piscina. Cabe ressaltar que a exposição excessiva ao sol e chuva pode eventualmente afetar detalhes de acabamento do produto, como perda do brilho da pintura e surgimento de pontos de oxidação, algo que pode ser minimizado com a limpeza frequente do produto. Por outro lado, não espera-se nenhuma redução de performance ou perda de funcionalidade do produto.

Torneiras

55. Quais marcas de torneiras são oferecidas pela CASINHA BONITA?
A CASINHA BONITA oferece torneiras da sua própria marca SINCENET, assim como de outros fabricantes nacionais (DOCOL e AZZO).
56. De que material são feitas as torneiras?
As torneiras SINCENET são predominantemente metálicas, algumas delas possuem corpo de aço inoxidável 201 e outras possuem corpo de latão (liga de cobre e zinco), que apesar do nome rústico é ainda hoje um dos materiais de mais alta qualidade para moldagem de torneiras. As torneiras DOCOL seguem um padrão de acabamento/material semelhante a SINCENET. Nos produtos AZZO por sua vez, o material predominante é o ABS (também conhecido como plástico de engenharia), algumas vezes cromado, outras tantas colorido.
57. Qual a diferença entre uma torneira com e sem misturador?
Uma torneira com misturador possui entradas de água quente e fria, que podem ser misturadas pelo usuário através dos comandos da torneira. Quando a mistura é realizada através de um único comando, chamamos essa torneira com misturador de torneira monocomando. Quando os comandos de água quente e fria são separados, tratamos ela como uma torneira com misturador tradicional. Por fim, as torneiras que possuem apenas entrada de água de fria, são denominadas torneiras sem misturador (ou torneiras de água fria).
58. O que é uma torneira monocomando?
Uma torneira monocomando é uma torneira com misturador (ou seja, possui entradas de água quente e fria), porém a vazão de água e o controle da temperatura são realizados através de um único comando.
59. Posso utilizar uma torneira com misturador se eu só tiver água fria?
Sim, é possível utilizar uma torneira com misturador (seja ela monocomando ou tradicional), mesmo que você só tenha água fria. Para isso, sugerimos conectar um T na entrada de água na parede e encaixar as duas mangueiras flexíveis que acompanham o produto nesse T. Dessa forma, a torneira funcionará normalmente, sempre com água fria, independente do usuário selecionar a posição quente ou fria no comando da torneira.
60. Caso eu só possua água fria posso instalar um aquecedor na torneira?
Sim, existem aquecedores elétricos que podem ser instalados individualmente em cada torneira. Estes aquecedores são ligados à tomada e normalmente posicionados na parede, próximo à torneira. Na CASINHA BONITA pode-se encontrar hoje o modelo LOREZENTTI versátil.
61. O que caracteriza uma torneira gourmet?
Não há uma definição específica para torneira gourmet, porém de maneira geral tratam-se de torneiras de cozinha, metálicas, com haste flexível ou extensível. No link a seguir podem ser observados diversos modelos de torneiras denominadas gourmet oferecidas na CASINHA BONITA: www.casinhabonita.com.br/torneiras-gourmet
62. O que caracteriza uma torneira bica alta?
A nomenclatura bica alta geralmente acompanha torneiras de mesa para banheiro ou lavabo, altas o bastante para permitirem um uso confortável em cubas de apoio. Embora não exista um padrão para isso, a CASINHA BONITA utiliza esse termo preferencialmente para torneiras cuja altura da saída de água seja de pelo menos 15 cm.
63. Qual a pressão de água necessária para se ter uma boa vazão nas torneiras?
A pressão mínima necessária depende muito de uma torneira para outra, em função das características do cartucho (também chamado pastilha), do misturador e demais componentes internos. Enquanto grande parte das torneiras apresenta boa performance mesmo com baixa pressão de água, outras exigem uma pressão um pouco superior. Cabe observar nas descrições de cada anúncio se há alguma exigência de pressão mínima para melhor performance da torneira.